slide

Planejando seu casamento: Por onde começar?

  Muitas mulheres ainda sonham com o grande dia. De entrar no altar vestida de noiva, reunir a família e amigos, ter a cerimônia que sempre sonhou. Tem também aquelas outras tantas mulheres que não curtem muito a ideia de casar na igreja, idealizam uma cerimonia mais intimista no cartório, uma cerimônia na praia...

  Eu sou suspeita, pois, casar na igreja com véu e grinalda sempre foi um sonho desde criança, e ter feito tudo exatamente como planejei, foi um sonho maior ainda. 

  Mas aí você, que acabou de ser pedida em casamento, teve festa/jantar de noivado, depois de todo o alvoroço, a pergunta crucial fica martelando na mente: "Por onde começar? O que fazer?". São tantas informações a serem pensadas, muitas decisões para serem tomadas, que ficamos completamente perdidas e estressadas. 

  Mas fica tranquila que vou te ajudar nessa missão, com dois itens que acho essencial para se pensar assim logo de início, e uma dica de serviço maravilhosa.


1. Orçamento

  Tudo do universo das noivas nos encanta. A gente começa a criar várias e várias pastinhas no notebook ou até no pinterest e sai querendo fazer tudo. Mas para que você possar realizar tudo ou metade do que se quer idealizar, deve-se pensar primeiro no seu orçamento, definir o quanto você e o noivo querem/irão gastar de hoje até a data do casamento, levando em conta a renda de vocês, e caso tenham ajuda financeira de familiares. 

  Estabelecer uma meta de poupança mensal para obter o valor total planejado é uma ótima opção. Se a grana estiver realmente bem curta, no limite, que tal por a mão na massa, fazer uns "faça você mesmo", seja na decoração, na comida, nas habilidades que você, seus familiares ou amigos tiverem e estiverem dispostos a ajudar. É uma forma de ver o que poderá ser contratado e pago, e o que terão que viabilizar de outra forma. 

 No meu casamento ele foi quase todo feito por mim e pela minha mãe, alguns detalhes da decoração, lembrancinhas dos padrinhos e convidados e também uma parte da comida. 

  Considerem que vocês não terão apenas os gastos com a cerimônia e festa, mas também a lua de mel e moradia.





2. Cerimônia 

  O segundo passo super importante é definir o estilo do casamento - o casal sempre tem um formato em mente de como vai ser - e recepção que gostaria de dar. Será de dia ou á noite? Na igreja, no cartório, na praia, no campo, em um salão de festa? Com ou sem festa? Muito ou poucos convidados? 

  São decisões "simples" e super importantes para que possa ser feito o planejamento do que se quer no casamento. Assim vocês poderão ir definindo seus próprios itens indispensáveis de acordo com as necessidades e vontade de vocês - ex: Igreja, recepção civil, ornamentação, música, foto, convite... - o que vai ajudar bastante a definir o que será preciso de orçamentos com mais urgências, os gastos de tudo certinho e principalmente o planejamento financeiro. 

  São tantos outros detalhes a serem acertados até a data do casamento: a data do casamento, documentação necessária, vestido, decoração, bolo, flores, música, e por ai vai, mas cada item tem uma época ideal para ser decidido. 

  Vocês já puderam perceber que não é uma tarefa tão fácil quanto parece, organizar o próprio casamento. E contratar um assessoria pode ser uma ajuda e tanto nessas horas, que vai te ajudar com todas suas dúvidas, com as enormes ideias e inspirações, além de conseguir fechar cada item desta lista enorme de coisas a fazer. 

*Dica 

  Se você sonha com uma cerimônia totalmente personalizada que fuja do estereótipo dos tradicionais casamentos na igreja, a Rosania Amaral é juíza de paz, celebrante de casamentos e assessora de noivas. 

  Ela oferece uma cerimônia cheia de personalidade e repleta de identidade, sem se limitar as burocracias civis, realizando lindas celebrações em locais estipulado pelos noivos.


Casamento realizado pela Rosania, ao ar livre

“O papel da Juíza de Paz vai além da assinatura de documentos e cerimônias em cartórios. Hoje em dia ofereço uma assessoria como diferencial e assumo as providências da documentação necessária para oficializar a cerimônia civil. Isso proporciona aos casais mais tranquilidade e tempo para administrar as demais situações dessa fase tão importante.” (Juíza Rosânia Amaral)


Mais informações: 
(84) 9 9667-8932 ou 9 8804-0465 
Rosania_2oficio@hotmail.com 
Instagram: @rosaniaamara


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer dúvida ou ideia você pode falar aqui, ou então no e-mail: contato@decaronanamoda.com.